• 14/05 - Exibições de "Spring Breakers" nos canais TVCine1 & TVCine4
  • 09/06 - Lançamento do DVD de "Behaving Badly" no UK
  • 23/06 - Lançamento do DVD de "Behaving Badly" na Alemanha
  • 01/08 - Estreia de "Behaving Badly" nos EUA
  • 0?/09 - Desfile da Adidas Neo em Nova Iorque
  • 08/09 - Estreia de "Rudderless" em França
  • NoticiasSel
    A antestreia de Spring Breakers em território espanhol irá realizar-se dia 21 de Fevereiro e como tal, foi divulgado o pressbook do filme. O mesmo contém uma entrevista individual a cada protagonista do filme, Ashley Benson, Vanessa Hudgens, Selena Gomez, Rachel Korine e James Franco, assim como ao diretor, Harmony Korine. Confere então abaixo, os scans do livro completo:

    027~0.png 028~0.png 031~1.png 029~1.png

    Não deixes de voltar mais tarde para conferires a entrevista à Selena Gomez traduzida pela nossa equipa!

    [ATUALIZADO]:

    Abaixo podes conferir a entrevista/matéria relativa à Selena Gomez traduzida:

    SELENA GOMEZ É FAITH:

    • Como é que te envolveste neste projeto?

    - Devido ao Harmony e à Rachel Korine. Creio que viram algo em mim, e a minha mãe conseguiu o guião porque é a minha manager. Eu amo o trabalho do Harmony e estava entuasiasmada, não o tinha seguido muito. Eu lembro-me de ter ouvido falar muito sobre “Kids” quando era criança. Quando começou este projeto, eu vi “Kids”, “Gummo”, “Thrash Humpers” e “Mister Lonely”, e eu amei a sua forma de filmar e de trabalhar, mas também fiquei um bocado assustada porque era algo totalmente diferente do que tinha feito antes. Eu queria conhecê-lo, então fui para Nashville, fiz um teste de duas horas, falámos e eu apaixonei-me por ele e pela sua esposa Rachel.

    • O teu papel em Spring Breakers parece um desafio. Vês-lo como um passo importante na tua carreira?

    - Definitivamente. Eu faço coisas específicas na minha carreira para um público específico. Obviamente tenho um público mais jovem que se guia por mim, e eu aprecio isso, mas também quero fazer coisas que representam um desafio e me colocam fora do meu elemento. Eu confiei completamente no Harmony, e senti-me segura com ele e no melhor sítio para tentar ir para a frente e me tornar uma melhor atriz.

    • Interpretas Faith, a única menina com limites morais. Também és assim?

    -Sim. Penso muito sobre algo antes de fazê-lo. Analiso-o até me cansar, e em seguida, quando decido, faço isso.

    •  Este filme tem muita improvisação. Como foi para ti?

    -Incrível. Eu não quero fazer nunca mais um filme com diálogos fixos. Sabes que há um guião e sabes o que é suposto demonstrar, então tu acreditas no que estás a dizer. Nunca me tinha enfrentado com algo assim e foi muito divertido, vai ser difícil voltar a decorar diálogos.

    • Em Spring Breakers atuas com James Franco. Como foi trabalhar com ele?

    -Acho que a sua personagem foi o que me fez querer conhecê-lo de verdade. Quando conheci o James na véspera de ano novo, descobri que ele tinha muito carisma, além de ser muito bonito para a sua personagem. Na vida real atraem-me rapazes tipo Ryan Gosling, não rapazes “rebeldes”. Foi isso que me fez sentir confortável a fazer essas cenas.

    • Porquê que achas que atraí raparigas?

    - É o facto de ser Bad Boy. Qualquer rapariga quer ter o rapaz perfeito, mas também quer um pouco de rebeldia de bad boy. Eu entendo isso perfeitamente, é tão excitante, eu vejo bem o que elas vêem nele.

    • Como foi gravar em St. Petesburg durante um spring break?

    - Eu adorei, foi muito divertido. Estou feliz que não tenha sido numa cidade grande como Miami, porque teria sido um pouco “demais”. Foi melhor lá, houve menos atenção. Havia alguns paparazzis, mas sem problemas.

    • Qual é a tua prespectiva de spring break e das pessoas que o vivem, em relação às ideias do Hamony?

    - Foi o que eu esperava. Ele tinha uma imagem criada, vês nos vídeos, a loucura, e de repente estás lá, é intenso. Mas eu esperava esta loucura.

    • Mudas-te em alguma coisa depois de fazeres Spring Breakers?

    - Isto abriu-me os olhos e deu-me conforto para assumir riscos. Eu tenho que querer ver o que temos aqui, qual será o próximo passo e fazer alguns papéis diferentes, o que são. Também mudei a minha percepção da pessoas em Hollywood. Agora diz-me ‘trabalhas-te com Hamony Korine? Muito louco’. Spring Breakers ajudou-me a não ter medo. Como eu disse, eu geralmente penso muito nisso e isto tem me dado um impulso.

    • Este é um dos filmes mais esperados do ano. Muitos outros filmes têm muito dinheiro, mas este tem James Franco e as meninas. Como te sentes?

    - É raro. Aceitei o papel porque, sinceramente, pensei que eu queria ser mais independente. Quer dizer, é um filme independente, mas podes ter sucesso comercial. Já fiz de tudo, filmes, publicidade comercial e tudo é calculado
    para que todos possam ver, e isto não é assim.

    • Olhando para trás, o que foi mais entusiasmante de trabalhar com o Harmony Korine?

    - O que eu mais gostei de trabalhar com ele, é que eu nunca estou errada, são apenas opções e ele aconselha-te.  Não aceito muito bem uma crítica, então eu gostei de ter o seu apoio.

    Fonte: Vértigo Films | Tradução & Adaptação de Texto: Selena Gomez Portugal

    Facebook Twitter Email