• 14/05 - Exibições de "Spring Breakers" nos canais TVCine1 & TVCine4
  • 09/06 - Lançamento do DVD de "Behaving Badly" no UK
  • 23/06 - Lançamento do DVD de "Behaving Badly" na Alemanha
  • 01/08 - Estreia de "Behaving Badly" nos EUA
  • 0?/09 - Desfile da Adidas Neo em Nova Iorque
  • 08/09 - Estreia de "Rudderless" em França
  • Selena Gomez é, como todos sabemos, capa da edição de Fevereiro da revista NYLON e já foram divulgados scans em HQ da mesma. Confere-os abaixo seguidos da tradução da matéria feita pela equipa do site, onde infelizmente, além de outras coisas, a atriz e cantora afirma que está a ver a sua próxima turnê como a sua última:

    HQNylonUS13.jpg HQNylonUS14.jpg HQNylonUS15.jpg HQNylonUS16.jpg

    A edição de Fevereiro tem muito amor, a começar pela nossa menina de capa, Selena Gomez. A deixar os seus anos de adolescente para trás, ela seguiu para um momento decisivo da sua carreira no novo filme de Harmony Korine, Spring Breakers. É seguro dizer que uma vez que tu vês o filme, nunca irás vê-la com os mesmos olhos. São várias coisas a acontecer na vida dela atualmente: uma turnê mundial, uma linha de roupas, e uma carreira de atriz que está para decolar. – Marvin Scott Jarrett, editora-chefe da revista.

    A Selena Gomez quer encontrar-se comigo num restaurante tipo o Panera Bread que é perto da sua casa, numa região no subúrbio de Los Angeles. A sua publicitária avisou-me que ela é pontual, sem surpresas para alguém que construiu uma grande marca como Selena Gomez. No balcão, apanho-me a contar à jovem que atende que tenho um encontro marcado com a “Ms. Gomez”, sem pseudônimos, e ela direciona-me para um local surreal: uma mesa como todas as outras com uma placa em cima escrito: “reservada”. Ao redor posso ver algumas mães a se entupirem de salada. Eu ocupava-me com um chá e um prato de bolachas quando Gomez chega, 4 minutos adiantada, com roupas de malha e uma blusinha com brilhos. Numa mesa próxima, vejo um rapaz a passar por sites de fofoca. Um tweet só não é o suficiente para resumir o TMZ? Estou paranoica, ela está tranquila. “Eu acho que eles estão cheios de mim porque sou sem graça” diz ela com certeza. “Eu vou ao Topanga Mall e eles ficam: ‘Porquê que ela está lá novamente?’”.

    Ainda assim os obcecados existem: 13,752,503 seguidores no Twitter e 37.823.451 fãs no Facebook até o dia da entrevista, sem contar os 5 milhões de downloads de singles do CD When The Sun Goes Down. Também há milhares de compradores que se vestem com as suas roupas da Dream Out Loud (preços de $5 até $24). Hoje, na entrevista, Gomez está a usar calças verde azeitona. “Estas custaram $14,99” diz ela, como se cada uma das peças da marca estivessem gravadas na sua memória. Ela combina as calças com uma blusa de lã e um enorme cachecol, o que junto parece o que qualquer menina que se preocupa com a moda usaria para almoçar.

    Faz 6 anos desde que Gomez, na época uma jovem de 15 anos, deu um salto de Grand Prairie, Texas, para a fama de Holllywod, graças à sua série: “Os Feiticeiros de Waverly Place”, que só terminou em Janeiro do ano passado. Agora, a poucos meses do seu 21º aniversário, esta ex-estrela teen está a orquestrar uma dramática mudança com o seu filme para maiores [de idade] de Harmony Korine, Spring Breakers.

    Para explicar um pouco, este filme super colorido com meninas de biquíni em scooters não prepara os telespectadores para a violência, nudez, e a depravação moral que eles irão encontrar. “Eu escrevi [Spring Breakers] num motel durante spring break (férias de primavera), há cerca de dois anos,” disse Korine. “As pessoas estavam a fazer sexo na porta, a ouvir Taylor Swift no volume máximo, a vomitar no terraço, a pendurar-se nos lustres…foi muito louco.” Ele desenvolveu uma história que envolve quatro universitárias (Gomez, Vanessa Hudgens, Ashley Benson, e a mulher do diretor, Rachel Korine), que querem passar tanto por este “ritual” que roubam um carro para pagar a sua viagem para a Flórida. Após alguns acontecimentos, um acontecimento na prisão faz-las cair na órbita de um rapper chamado “Alie” (James Franco), que aos poucos se revela um louco por sangue e traficante de drogas. “As meninas fizeram um ótimo trabalho ao se apaixonarem por objetos” disse Gomez. “Elas não viam apenas o Alien, elas viam a sua cama, as armas, o brilho, o dinheiro, e todas essas coisas representam uma certa maldade. Pelo menos é o que eu acredito.”

    Durante as filmagens em St. Petersburgo, Flórida, Korine caçou vários extras que estavam no spring break, e na cena de abertura do filme, eles pegam-se sob o sol e um spray de cerveja, praticamente sem roupa e a dançarem ao som de Skrillex. “Eu acho que nem tive um spring break” disse Gomez. Mas gravar o filme permitiu-lhe vivenciar isso de certa forma “fazer coisas pelas quais eu seria odiada e me daria mal” como beber antes da idade permitida, usar drogas, e GTA. “Eu tive que pedir para alguém me mostrar como se segurava num cigarro” disse ela. “Harmony dizia: ‘É bom que não saibas, pode ser uma marca da personagem’”.

    Mas como, perguntas tu, uma estrela da Disney foi parar num filme tão não-familiar? Gomez dá os créditos à sua mãe de 36 anos, Mandy Cornett, que é muito fã do diretor. Quando Kids, filme com guião de Korine, foi lançado em 1995, Cornett tinha 19 anos, Gomez tinha 3. “Ela fica com vergonha, porque ela não quer que ninguém pense que ela é uma má mãe, mas ela é bem artística” disse Gomez . Então quando os produtores de Korine a chamaram para o papel em Spring Breakers, a Sel correu para agarrar essa oportunidade de ler o script. “Eu meio que não entendi logo, porque era mais ousado” admite ela. “Mas depois eu vi um pouco do seu trabalho, e apaixonei-me. Eu pensei: ‘Isto seria muito bom para eu fazer. É super indie’”

    É difícil de imaginar a cantora de “A Year Without Rain” com a sua imagem tão perfeita a assistir Trash Humpers, de 2009, um filme dirigido por Korine que mostra algumas cenas de delinquentes a fazerem sexo com sacos e latas de lixo. Eu brinco que eu e ela devemos ser as únicas duas pessoas no mundo que viram o filme por inteiro. “No mundo!” disse ela. (Desculpa, Harmony.) No início, Harmony tinha os seus olhos em Gomez como alguém que poderia interpretar qualquer um dos quatro papéis no filme. Minutos após ele declara isso, Gomez, com a sua mãe ao lado, estava na sala da casa dele. “Eu fiquei tipo ‘ahn? o que é isto?’” relembra Korine, a representar como foi a cara dele no momento. “Eu tenho algumas obras de arte e nós meio que nos espantamos, pois não sabíamos se elas eram religiosas.”

    “Foi o meu primeiro teste em anos” disse Gomez, que se viu apaixonada pela personagem de Faith, uma devota cristã que procurava escapar e transcender (ela é a parte do filme que é mais centrada). “Eu senti que para o meu primeiro papel mais sério eu deveria escolher algo do qual pudesse entender mais. Eu estava nervosa, mas o Harmony arriscou-se comigo. Ele disse: ‘Estás numa bolha, e eu vou-te tirar dela, mas tens que confiar em mim.’”
    É seguro dizer que quando o público vir, ou até mesmo ler sobre o filme, a imagem de Gomez nunca mais será a mesma. A mídia já está a seguir cada passo da produção do filme, como pudemos ver pela quantidade de fotos das filmagens em Março do ano passado. Graças a este elenco bem conhecido, disse Korine, “Tive outros problemas com os quais eu nunca tive que lidar antes noutros filmes. A quantidade de pessoas a venderem, várias com cartazes e outras coisas, helicópteros de noticiários  a passarem por cima, ou vendedores de autógrafos a correrem para dentro do set.”

    A questão, é claro, é como estas pessoas que seguem cada passo de Gomez irão reagir após o filme. “Eu falava aos pais, ‘Tenham a certeza que os seus filhos não irão ver Spring Breakers,’ porque com este título eles podem pensar que é algo fofo ou algo assim” disse. “Eu sei que isto não é para o público mais jovem que me segue, mas eu estou quase a fazer 21. Eu sinto que este projeto era mais discreto, com o qual eu estava super entusiasmada, mas que estaria no radar.” Não muito. Na premiere no Toronto International Film Festival, Gomez relembra, as primeiras filas estavam lotadas de jovens. “Eu fiquei tipo ‘Ai meu deus, como é que eles os deixaram entrar?’ Eu estava em pânico, quase a afundar-me na minha cadeira. E aí eles riram-se quando era pra rir, enloqueceram, ficaram assustadores, e aplaudiram. Eles compreenderam, sabes? E foi aí que eu pensei: ‘Ok, eu não devo estar a dar-lhes o crédito suficiente.”

    Surpreendete, considerando que Gomez é muito mais inteligente do que uma pessoa da sua idade seria. “Eu não sei como uma pessoa pode ser assim com esta idade” disse Korine. “Ficas a saber destas estrelas que são problemáticas, mas a Selena é muito centrada. Ela tem uma ética muito forte de trabalho, e está a querer realmente experimentar e divertir-se. Ela tem muito que conquistar no seu futuro.”

    O que pode significar dar um foco novo para as suas energias. A primeira coisa que ela deve deixar? Selena Gomez e The Scene, que irá lançar o seu 4º CD e embarcar numa turnê mundial na primavera. “Eu estou meio que a vê-a como a minha última turnê” admite. “É claro, eu posso mudar de ideia, mas eu acho que eventualmente vou parar e ficar apenas a atuar.” Ela dá uma pausa. “Se eu começar a fazer as coisas porque quero ser relevante, ou para as pessoas gostarem de mim, então eu ficarei muito triste.” Por enquanto, Gomez ainda está a morar com a sua mãe e o seu padastro, mas ela tem uma entrada separada num lado da casa. “Talvez no ano que vem, ou no próximo eu compre um lugar só pra mim, mas ainda estou meio nervosa” admite. Ela também pode contar com um grupo de grandes amigas, que inclui a queridinha da América, Taylor Swift. “Nós passamos pelas coisas ao mesmo tempo” disse Gomez. “Mas nós nunca falamos sobre a indústria [da música]. Ela tornou-se a pessoa para qual eu corro para falar sobre família ou namorados. É tão difícil de confiar em raparigas, tenho sorte por tê-la.”

    Na época da entrevista, parece que o seu namoro super comentado com Justin Bieber estava vivo novamente. “Estou a divertir-me” disse a estrela de 20 anos, para saber como o relacionamento está agora confere o teu telemóvel. “Impressiona-me como uma pessoa acorda cedo e vai para o seu escritório reunir-se com pessoas para inventar coisas” disse Gomez sobre esta cobertura infindável da sua vida. Ela não se preocupa, ao ser questionada sobre se lê os blogs “a menos que seja algo que eu precise de saber.” Mas sem dúvida deve ser bom estar com alguém que entende disto. “Ao final das contas, o amor é uma coisa natural, e todos têm que lidar com ele. Só porque temos um estilo de vida diferente isso não muda o significado do amor que eu aprendi, que é de conto de fadas.”

    O que é exatamente o que Spring Breakers não é. “Eu espero que seja só sucesso para ela daqui para frente” disse Korine. “Ela tem o talento para ser uma grande atriz se ela continuar assim, então, ela poderá ter uma carreira realmente incrível. Ela tem que continuar a fazer coisas que irão assustar as pessoas.”

    Ao estar nesta “área” desde criança, Selena Gomez deveria ser, teoricamente, muito mais metida. Mas como qualquer pessoa que estava presente na sua sessão fotográfica para a NYLON pode dizer, ela é totalmente o oposto disso. “Ela foi totalmente humilde e muito querida” disse a estilista Daniela Jung. Por exemplo: quando o almoço se atrasou, a própria Gomez foi buscar sanduíches para todos num restaurante próximo. Esta atitude descontraída caiu bem com o tema divertido da sessão fotográfica, com roupas como uma camisola/mini-vestido da marca Jeremy Scott e um boné.

    Matéria por: NYLON Magazine | Fonte: Tumblr | Tradução & Adaptação de Texto: Selena Gomez Portugal

    Facebook Twitter Email